domingo, 16 de dezembro de 2012

Caixinha de Natal: pagar ou não pagar?

Particularmente, não sou muito a favor de caixinha de Natal. Vou explicar o motivo: como trabalhadora, contratada pelo regime CLT, ou seja, "de carteira assinada", tenho direito a um bônus extra: o tão esperado 13° salário.

Se quem pede caixinha tem a carteira assinada, logo, também recebe o 13° salário, como eu. Então, não faz sentido pedir caixinha de Natal, certo? A não ser que queiram um 14° salário!

Mas, porém, contudo, todavia, não vejo problema em dar um agrado se a pessoa fizer algo "além", se oferecer um atendimento caprichado, por exemplo.

Acho que a questão é: não há problema em colaborar com a caixinha de Natal, se você pode, se ficou satisfeito com o atendimento, etc e tal. O ruim é a sensação de "obrigação" que acontece em alguns casos.

(O tal Livro de Ouro é um exemplo disso.)


Charge do site Humortadela

Já para quem é autônomo, a caixinha, ao meu ver, faz sentido. Vou até um pouco além: seria deselegante não colaborar nem que fosse com algumas moedas. Isso, claro, se a pessoa realmente realiza um bom trabalho. Afinal de contas, os profissionais liberais, empreendedores individuais - ou seja lá que nome for - não recebem o 13° salário.

E você, costuma colaborar com a famosa caixinha de Natal?
Será que sou "radical" nesse modo de pensar?
Ou alguém concorda comigo?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...