terça-feira, 11 de junho de 2013

Dia dos Namorados: o clichê pode ser legal

Jantar a luz de velas e um bom vinho no dia dos namorados
Imagem: stock.xchng
Tem gente que pensa que quem é casado não precisa comemorar o Dia dos Namorados, mas não é bem assim.

Se você ainda não se casou, não sabe a importância de se manter como "namorados". Vida a dois não é fácil não! Ainda mais depois dos filhos. (inclusive já comentei sobre como a vida muda depois dos filhos - e não tem a ver com piorar, ok?)

Mas, voltemos ao Dia dos Namorados.

Aqui em casa não somos adeptos a certas datas comerciais comemorativas. Quer dizer, até gostamos (e nos acostumamos), mas não entramos no ciclo consumista que costuma acompanhá-las.

Presentes? Claro! Quem não gosta? A questão é que não nos sentimos obrigados a comprar um só porque é dia disso ou daquilo.

Daí, acabamos caindo no clichê: jantar especial, intimista, em casa mesmo. E o que isso tem de ruim? Nada!

Perguntei a alguns amigos e amigas como eles vão comemorar (ou comemorariam) o dia dos namorados. As respostas? Praticamente as mesmas!

A maioria indicou, como opção para comemorar o dia dos namorados, uma comidinha saborosa, no conforto de casa, acompanhada de vinho ou um drink diferente para variar.

Para complementar, alguns optam por uma carinhosa cartinha escrita a mão, luz de velas e uma boa música para incrementar o clima.

Comemore o dia dos namorados com flores e chocolate
Imagem: stock.xchng

Flores também funcionam bem, seja para decorar ou como presente (apesar de algumas mulheres preferirem algo mais durável, nem que seja uma flor em vaso, plantada, sabe?).

Chocolate é um clássico (meninos, só tomem um cuidado: se ela estiver de dieta, seu presente poderá acabar com a comemoração...).

Apenas dois pensaram em um programa um pouco diferente: curtir o pôr do sol na praia, caminhar na areia, curtindo um bom vinho... Ah! E teve também quem optasse por curtir um cinema a dois (e não precisa ser filme romântico, tá?) ou um piquenique. A Claudinha, por exemplo, não vai fazer nadica de nada de especial, pois já marcou uma viagem com o maridão no final do mês. Ótima ideia, hein? =)

Nós não vamos fugir muito à regra: faremos um lanchinho caprichado à noite e vamos aproveitar o momento a sós para conversar sobre planos futuros e planejamento financeiro. Sim! Por que não? Alinhar metas e objetivos (inclusive financeiros) também é uma forma de fortalecer o relacionamento. (podem me chamar de louca que eu nem ligo! rs)

Para completar (se a loja cumprir com o prazo de entrega prometido), vamos dar um passeio de bicicleta - em família - no fim de semana!

Ser clichê no dia dos namorados não é ruim. E se você conseguir incrementar com uma pitada de criatividade, melhor ainda!

Como ter um dia dos namorados muito legal


Agradeço aos queridos e queridas que, mesmo em cima da hora, me ajudaram a criar esse post, contando suas ideias para o dia dos namorados: Cristiane Ramires, Anderson Claudino, Renata Lopes, Paulo Guedes, Eder Azevedo, Nathalia Mouro, Guilherme Peres, Carol Guido, Marcelo Camanho, Cláudia Ramalho e Leandro Azevedo.

E você, como gosta de comemorar o dia dos namorados?

Silvia Azevedo

sexta-feira, 7 de junho de 2013

A boa do fim de semana é... Salão do Livro no RJ

Logo do Salão FNLIJ do Livro Infantil e Juvenil
Se você ainda não decidiu o que fazer, a boa do fim de semana é o 15º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, aqui no Rio de Janeiro.

O Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens começou na quinta-feira, dia 5, e vai até o dia 16 de junho, no Centro de Convenções SulAmérica, no bairro Cidade Nova, e está funcionando de segunda a sexta, de 8h30 às 18h, e sábado e domingo, de 10h às 20h.

Esta é a 15ª edição do evento e o tema deste ano é a ILUSTRAÇÃO. E a Colômbia será homenageada por ser considerada uma referência na valorização da leitura.

Não é à toa que o Salão do Livro é a boa do fim de semana: os ingressos custam apenas R$ 5,00 e a entrada é gratuita para professores do município carioca, portadores de necessidades especiais e para quem tem mais de 60 anos.

Não tem desculpa! O Salão do Livro Infantil e Juvenil fica pertinho da estação de metrô Estácio e fácil acesso a pontos de ônibus também.

Veja como chegar no 15º Salão do Livro, no Centro de Convenções SulAmérica - RJ
Clique para ampliar o mapa do Salão do Livro Infantil e Juvenil

São 12 dias de evento com palestras, contação de histórias, encontro com autores e ilustradores, além, claro, de lançamentos de livros como:

  • Bullying, não quero ir para a escola!, de João Pedro Roriz
  • Teimosinha, de Fabrício Carpinejar
  • Piolho na Rapunzel, de Leo Cunha
  • O menino que não queria ser príncipe e outras histórias encantadas, de Georgina Martins

Capas de quatros livros que serão lançados no 15º Salão FNLIJ do Livro

Se não der para ir amanhã ou domingo, reserve um tempinho e aproveite a boa do fim de semana nos dias 15 e 16 de junho. Afinal, serão os últimos dias do Salão do Livro.

Até mais!

Silvia Azevedo

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Eu voltei!

Pensei em parar de escrever.
Depois pensei em criar um novo blog.
Fui refletindo enquanto organizava a vida.
Tem tantos blogs por aí! Pra que mais um? Por que continuar?
Decidi. Não posso parar. É um desejo e um dom.
E não posso deixá-lo escondido, como uma lâmpada embaixo da mesa.
Por isso...

♪ ♫ ♩ ♫ ♪ ♫ ♩ ♫

Eu voltei, agora pra ficar,
Porque aqui, aqui é o meu lugar
Eu voltei, pras coisas que eu deixei,
Eu voltei, eu voltei

♪ ♫ ♩ ♫ ♪ ♫ ♩ ♫

E a vida é assim mesmo, cheia de idas e vindas. Por isso, recomeço (mais uma vez) meu blog com ânimo renovado!

Para encerrar o post, aqui está o vídeo com a música que citei logo acima. É uma versão diferente, cantada pela Luiza Possi. Eu achei bacana! E você?



Até mais!

Silvia Azevedo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...